Antes que

6 de julho de 2016 Off Por Pedro Taunay Graça Couto

 Antes que

 Antes que a alegria se apague, como a tarde que vai morrendo aos poucos.

Antes que os anos me definhem ou me amargurem.

 Vou em direção ao sol, bem além do horizonte.

 Pois sou como um pássaro vai além das fronteiras,

Em busca da liberdade que me chama,

 E só aquieto quando o anoitecer me  envolve  como um cobertor,

ou quando o cansaço me abate.

Mas eu refaço as minhas forças,

 e recomeço a caminhada