Denúncia

14 de julho de 2020 Off Por Pedro Taunay Graça Couto

Mais vistasMatériasDisney reabre enquanto a Flórida bate recorde de contaminaçõesMatériasOs 100 lugares mais lindos do mundoMatériasPizzaria inspirada em Harry Potter vira atração em GramadoMatériasPor que a porta do avião demora para abrir?MATÉRIAS

Máscaras usadas estão indo parar nos mares e nas ruas

O novo normal está produzindo um novo lixo. Máscaras e luvas usadas estão sendo descartadas sem o devido cuidado, trazendo potenciais riscos à saúde

Por Giovanna Simonettiaccess_time23 jun 2020, 14h59 – Publicado em 22 jun 2020, 10h36chat_bubble_outlinemore_horiz

 (tataks/Getty Images)

A máscara se tornou uma das principais marcas no combate à Covid-19. Apesar de não ser a medida mais eficiente para impedir a contaminação (o essencial mesmo é higienizar constantemente as mãos e evitar aglomerações), ela diminui as chances de um infectado transmitir o vírus adiante – mas existe um porém. A máscara tem vida curta e alguns modelos, em especial os cirúrgicos e feitos com TNT, não podem ser usados mais de uma vez. Juntando isso ao fato de que o ideal é trocá-la a cada duas horas, estamos diante de um outro problema: se for descartada da maneira errada, as máscaras podem ser uma ameaça para os oceanos. 

A organização francesa sem fins lucrativos Opération Mer Propre já vem alertando sobre a questão. O grupo, que frequentemente recolhe lixo no litoral da Côte d’Azur, publicou fotos e vídeos nas suas redes sociais em que mergulhadores encontraram uma porção de máscaras cirúrgicas, luvas de proteção e frascos de álcool em gel em pleno mar.