Por um instante

Por um instante
E anoitece.
Um grito ecoa quebrando o silêncio da rua.
Sou eu, a expulsar minhas angústias.
Respiração apressada, cabeça rodando,
sem chegar a lugar algum.
Continuo preso, aflito com a noite que chega.
Bloqueio os pensamentos,
A respiração se acalma, tudo se aquieta.
Por um instante…
Paz