12 de maio de 2017 Off Por Pedro Taunay Graça Couto

amos o balanço de primeiro ano do governo Temer
12/05/2017 13:01
O presidente Michel Temer durante seu discurso
O presidente Michel Temer durante seu discurso | Jorge William / O Globo
Marlen Couto e Maurício Ferro

Em reunião ministerial nesta sexta-feira, o presidente Michel Temer fez um balanço de um ano de sua gestão. Checamos declarações do presidente e de seus ministros sobre a atuação do governo em diferentes áreas.

_____

RECESSÃO ECONÔMICA

Ao falar sobre a economia, o presidente Michel Temer usou como comparação o cenário registrado há um ano:

– Lembro a situação que encontramos há um ano: rombo milionário, a mais grave recessão econômica, desemprego preocupante, inflação galopante – afirmou o presidente.

TAG_Verdadeiro_mas_3
Em maio do ano passado, quando Temer assumiu a Presidência, o país somava 11,5 milhões de desempregados, de acordo com a Pnad do IBGE. Hoje, o número de desempregados é maior e já chega a 14,2 milhões. A inflação acumulada em 12 meses de fato caiu, passou de 9,39% naquele período para 4,08% em abril deste ano.

Não é possível afirmar que quando Temer assumiu a Presidência o país vivia sua mais grave recessão. Mas caminhava para isso.

De acordo com dados do Comitê de Datação de Ciclos Econômicos (Codace), no início de 2016, o país passava pela terceira recessão mais longa desde o início dos anos 1980, com oito trimestre consecutivos de recessão. De 1989 a 1992, durante o governo Collor, foram 11 trimestres de recessão, enquanto de 1981 a 1983, na gestão de Figueiredo, foram nove. Atualmente, a crise já é tão duradoura quanto a do governo Collor. Quanto à intensidade, medida pela contração acumulada do PIB, o país atravessava no ano passado o segundo pior cenário da história recente, com queda de 7,8% até o segundo trimestre.

_____

EDUCAÇÃO

Ao falar sobre metas alcançadas na área da educação, Temer afirmou que o governo aumentou o número de vagas no FIES.

Tag_FALSO_3
O número de financiamentos do FIES caiu 29% em 2016, em relação a 2015. Ao todo, 204 mil bolsas foram concedidas pelo programa no ano passado, o menor número registrado desde 2012.

_____

BANCO DO BRASIL

Temer também citou lucro do Banco do Brasil de R$ 2,4 bilhões, divulgado na véspera.

TAG_Verdadeiro_3
O Banco Brasil registrou lucro líquido de R$ 2,443 bilhões no primeiro trimestre de 2017, segundo balanço divulgado pela instituição na quinta-feira 11 de maio. O resultado é 3,6% acima dos R$ 2,359 bilhões obtidos no mesmo período do ano passado.

_____

BOLSA FAMÍLIA

No balanço, o presidente ressaltou ainda o investimento do governo em programas sociais:

— Depois de muito tempo, demos reajuste de 12,5% ao Bolsa Família e pusemos fim à fila de espera que chegava a 500 mil pessoas, tiramos todos da fila — declarou Temer.

TAG_Verdadeiro_3
Temer concedeu, em 29 de junho do ano passado, aumento médio de 12,5% nos benefícios do Bolsa Família, após dois anos sem reajuste. O último reajuste tinha sido em 1º de maio de 2014, segundo o Ministério do Desenvolvimento Social. A fila de espera do programa social também foi zerada em janeiro deste ano.

_____

LEIS DAS ESTATAIS

Temer também afirmou que houve avanços de gestão e transparência para nomeações com a Lei das Estatais.

Tag_Nao_e_bem_assim_3
Apesar da Lei das Estatais, Temer tentou fazer três nomeações para a diretoria de Itaipu. O presidente só voltou atrás quando reportagem do GLOBO revelou os indicados. O presidente tentou lotear o comando da hidrelétrica entre aliados e indicou para os cargos até um advogado que já foi acusado de ter sido funcionário fantasma do Senado. E, recentemente, depois de ter sua nomeação para a diretoria de coordenação revogada pelo presidente Michel Temer, Ramiro Wahrhaftig foi nomeado para um cargo de assessoria em Itaipu, com salário de cerca de R$ 20 mil.

_____

DÉFICIT DAS CONTAS PÚBLICAS

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que o governo entregou um déficit de R$ 154 bilhões, após anunciar previsão de décifit de R$ 177 bilhões.

TAG_Verdadeiro_3
O governo Dilma encaminhou ao Congresso uma proposta de alteração da meta de 2016 que previa um déficit primário de R$ 96,6 bilhões. Em maio, a equipe econômica de Temer elevou a previsão para R$ 170,5 bilhões e, no fim das contas, o país registrou déficit primário de R$ 155,8 bilhões no ano passado.

_____

RECESSÃO NO PASSADO

O ministro também enfatizou que “o país viveu a maior recessão da história”, no passado.

Tag_Nao_e_bem_assim_3
O ministro afirmou que o país não vive mais a recessão no presente. Alguns indicadores começam a melhorar, mas o país ainda sente os efeitos da retração. De acordo com dados do Comitê de Datação de Ciclos Econômicos (Codace), o Brasil passou por uma recessão tão duradoura quanto a do governo de Fernando Collor, com 11 trimestres consecutivos, entre o segundo trimestre de 2014 e dezembro de 2016. Quanto à intensidade, medida pela contração acumulada do PIB, a queda acumulada é de 9,1%, a maior da História recente do país.

Apenas em 2016, a economia brasileira encolheu 3,6%, após perda de 3,8% em 2015. Segundo o IBGE, é a pior recessão desde 1948, quando começou a série histórica do PIB. Foi a primeira vez em quase 70 anos que o PIB teve dois resultados negativos anuais seguidos, com perda acumulada de 7,2%.

Nas contas do Banco Central, a economia brasileira já cresceu 0,62% em janeiro e 1,3% em fevereiro. Mas a retomada ainda é considerada lenta por economistas.

_____

CRESCIMENTO DA ECONOMIA

Meirelles foi também taxativo ao afirmar que houve retomada do crescimento da economia:

– O Brasil já voltou a crescer. Estamos ainda vivendo efeitos da recessão. O desemprego elevadíssimo deve crescer ainda um pouco porque tem reação um pouco mais lenta. Mas inevitavelmente começa a cair no segundo semestre – afirmou.

Tag_Nao_ha_confirmacao_3
Em 2016, a economia encolheu 3,6%, após perda de 3,8% em 2015, segundo o IBGE. Ainda não há números oficiais do PIB referentes ao primeiro trimestre de 2017. Nas contas do Banco Central, a economia brasileira já cresceu 1,3% em fevereiro, após alta de 0,62% em janeiro. Mas a retomada ainda é considerada lenta por economistas.

ComenteCompartilhe
Leia também

Checamos o depoimento de Lula ao juiz Sergio Moro
11/05/2017 16:44

Vídeo do depoimento de Lula a Moro é transmitido ao vivo. Será?
10/05/2017 18:43

Menina diz a Trump que ele é a ‘desgraça do mundo’. É isso mesmo?
09/05/2017 13:01

Publicidade

Recomendadas
Lula Presidente? Veja o plano que pode ameaçar o seu patrimônio
Lula Presidente? Veja o plano que pode ameaçar o seu patrimônio
Empiricus Research
Você é homem e sofre com pressão alta? Veja isso
Você é homem e sofre com pressão alta? Veja isso
Solução para Hipertensão
Não sofra para lutar contra a calvície; método natural resolve
Não sofra para lutar contra a calvície; método natural resolve
HairCaps – Top News
A reação de Lula ao receber a notícia da soltura de José Dirceu
A reação de Lula ao receber a notícia da soltura de José Dirceu
Lula amplia liderança para 2018; Bolsonaro disputa segundo lugar com Marina, diz Datafolha
Lula amplia liderança para 2018; Bolsonaro disputa segundo lugar com Marina, diz Datafolha
Malafaia com Doria
Malafaia com Doria
Recomendado por
SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus aut