Fato

20 de março de 2016 Off Por Pedro Taunay Graça Couto

sábado, 30 de janeiro de 2016

Fato
Subitamente, eu sentado na calçada, observava a tarde que ia se despedindo.
Todos completamente indiferentes e insensíveis, seguiam sem me notar.
Mas observei que uma flor surgiu de dentro da calçada.
Um fato como esse era para parar tudo.

Mas nada não só não pararam como a esmagaram com seus passos apressados e gananciosos.
Postado por Pedro Taunay Couto às 13:36
Enviar por e-mail

Nem fróide, nem Yeung.
Nem política nem religião.
Na verdade eu queria ser um beatneak.
um Hippie vagando pelas estradas do mundo,
sem querer entender os rumos loucos que esse mundo tende a tomar.
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfose ambulante.
Queria ser Alen Guinsber com seu uivo,
um Hippie vagando pelas estradas do mundo
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfoses ambulantes.
Agora chega, me cansei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mimnsei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mim
sábado, 30 de janeiro de 2016

Fato
Subitamente, eu sentado na calçada, observava a tarde que ia se despedindo.
Todos completamente indiferentes e insensíveis, seguiam sem me notar.
Mas observei que uma flor surgiu de dentro da calçada.
Um fato como esse era para parar tudo.

Mas nada não só não pararam como a esmagaram com seus passos apressados e gananciosos.
Postado por Pedro Taunay Couto às 13:36
Enviar por e-mail
BlogThis!
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Facebook
Compartilhar com o Pinterest

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Nem fróide, nem Yeung.
Nem política nem religião.
Na verdade eu queria ser um beatneak.
um Hippie vagando pelas estradas do mundo,
sem querer entender os rumos loucos que esse mundo tende a tomar.
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfose ambulante.
Queria ser Alen Guinsber com seu uivo,
um Hippie vagando pelas estradas do mundo
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfoses ambulantes.
Agora chega, me cansei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mimnsei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mim
sábado, 30 de janeiro de 2016

Fato
Subitamente, eu sentado na calçada, observava a tarde que ia se despedindo.
Todos completamente indiferentes e insensíveis, seguiam sem me notar.
Mas observei que uma flor surgiu de dentro da calçada.
Um fato como esse era para parar tudo.

Mas nada não só não pararam como a esmagaram com seus passos apressados e gananciosos.
Postado por Pedro Taunay Couto às 13:36
Enviar por e-mail
BlogThis!
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Facebook
Compartilhar com o Pinterest

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Nem fróide, nem Yeung.
Nem política nem religião.
Na verdade eu queria ser um beatneak.
um Hippie vagando pelas estradas do mundo,
sem querer entender os rumos loucos que esse mundo tende a tomar.
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfose ambulante.
Queria ser Alen Guinsber com seu uivo,
um Hippie vagando pelas estradas do mundo
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfoses ambulantes.
Agora chega, me cansei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mimnsei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mim
sábado, 30 de janeiro de 2016

Fato
Subitamente, eu sentado na calçada, observava a tarde que ia se despedindo.
Todos completamente indiferentes e insensíveis, seguiam sem me notar.
Mas observei que uma flor surgiu de dentro da calçada.
Um fato como esse era para parar tudo.

Mas nada não só não pararam como a esmagaram com seus passos apressados e gananciosos.
Postado por Pedro Taunay Couto às 13:36
Enviar por e-mail
BlogThis!
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Facebook
Compartilhar com o Pinterest

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Nem fróide, nem Yeung.
Nem política nem religião.
Na verdade eu queria ser um beatneak.
um Hippie vagando pelas estradas do mundo,
sem querer entender os rumos loucos que esse mundo tende a tomar.
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfose ambulante.
Queria ser Alen Guinsber com seu uivo,
um Hippie vagando pelas estradas do mundo
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfoses ambulantes.
Agora chega, me cansei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mimnsei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mim v
sábado, 30 de janeiro de 2016

Fato
Subitamente, eu sentado na calçada, observava a tarde que ia se despedindo.
Todos completamente indiferentes e insensíveis, seguiam sem me notar.
Mas observei que uma flor surgiu de dentro da calçada.
Um fato como esse era para parar tudo.

Mas nada não só não pararam como a esmagaram com seus passos apressados e gananciosos.
Postado por Pedro Taunay Couto às 13:36
Enviar por e-mail
BlogThis!
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Facebook
Compartilhar com o Pinterest

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Nem fróide, nem Yeung.
Nem política nem religião.
Na verdade eu queria ser um beatneak.
um Hippie vagando pelas estradas do mundo,
sem querer entender os rumos loucos que esse mundo tende a tomar.
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfose ambulante.
Queria ser Alen Guinsber com seu uivo,
um Hippie vagando pelas estradas do mundo
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfoses ambulantes.
Agora chega, me cansei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mimnsei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mim
sábado, 30 de janeiro de 2016

Fato
Subitamente, eu sentado na calçada, observava a tarde que ia se despedindo.
Todos completamente indiferentes e insensíveis, seguiam sem me notar.
Mas observei que uma flor surgiu de dentro da calçada.
Um fato como esse era para parar tudo.

Mas nada não só não pararam como a esmagaram com seus passos apressados e gananciosos.
Postado por Pedro Taunay Couto às 13:36
Enviar por e-mail
BlogThis!
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Facebook
Compartilhar com o Pinterest

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Nem fróide, nem Yeung.
Nem política nem religião.
Na verdade eu queria ser um beatneak.
um Hippie vagando pelas estradas do mundo,
sem querer entender os rumos loucos que esse mundo tende a tomar.
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfose ambulante.
Queria ser Alen Guinsber com seu uivo,
um Hippie vagando pelas estradas do mundo
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfoses ambulantes.
Agora chega, me cansei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mimnsei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mim
sábado, 30 de janeiro de 2016

Fato
Subitamente, eu sentado na calçada, observava a tarde que ia se despedindo.
Todos completamente indiferentes e insensíveis, seguiam sem me notar.
Mas observei que uma flor surgiu de dentro da calçada.
Um fato como esse era para parar tudo.

Mas nada não só não pararam como a esmagaram com seus passos apressados e gananciosos.
Postado por Pedro Taunay Couto às 13:36
Enviar por e-mail
BlogThis!
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Facebook
Compartilhar com o Pinterest

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Nem fróide, nem Yeung.
Nem política nem religião.
Na verdade eu queria ser um beatneak.
um Hippie vagando pelas estradas do mundo,
sem querer entender os rumos loucos que esse mundo tende a tomar.
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfose ambulante.
Queria ser Alen Guinsber com seu uivo,
um Hippie vagando pelas estradas do mundo
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfoses ambulantes.
Agora chega, me cansei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mimnsei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mim
sábado, 30 de janeiro de 2016

Fato
Subitamente, eu sentado na calçada, observava a tarde que ia se despedindo.
Todos completamente indiferentes e insensíveis, seguiam sem me notar.
Mas observei que uma flor surgiu de dentro da calçada.
Um fato como esse era para parar tudo.

Mas nada não só não pararam como a esmagaram com seus passos apressados e gananciosos.
Postado por Pedro Taunay Couto às 13:36
Enviar por e-mail
BlogThis!
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Facebook
Compartilhar com o Pinterest

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Nem fróide, nem Yeung.
Nem política nem religião.
Na verdade eu queria ser um beatneak.
um Hippie vagando pelas estradas do mundo,
sem querer entender os rumos loucos que esse mundo tende a tomar.
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfose ambulante.
Queria ser Alen Guinsber com seu uivo,
um Hippie vagando pelas estradas do mundo
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfoses ambulantes.
Agora chega, me cansei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mimnsei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mim
sábado, 30 de janeiro de 2016

Fato
Subitamente, eu sentado na calçada, observava a tarde que ia se despedindo.
Todos completamente indiferentes e insensíveis, seguiam sem me notar.
Mas observei que uma flor surgiu de dentro da calçada.
Um fato como esse era para parar tudo.

Mas nada não só não pararam como a esmagaram com seus passos apressados e gananciosos.
Postado por Pedro Taunay Couto às 13:36
Enviar por e-mail
BlogThis!
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no Facebook
Compartilhar com o Pinterest

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Nem fróide, nem Yeung.
Nem política nem religião.
Na verdade eu queria ser um beatneak.
um Hippie vagando pelas estradas do mundo,
sem querer entender os rumos loucos que esse mundo tende a tomar.
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfose ambulante.
Queria ser Alen Guinsber com seu uivo,
um Hippie vagando pelas estradas do mundo
Queria ser maluco beleza, com suas metamorfoses ambulantes.
Agora chega, me cansei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mimnsei de ser o que não sou e quem quiser que goste de mim vv