Um amigo meu poesia&vida

9 de março de 2018 Off Por Pedro Taunay Graça Couto
  Um amigo meu

Um amigo meu perguntou-me:
Onde está a poesia?
E eu lhe respondi:
Ela está em mim.
Modestamente, almoço e janto poesia.
Vomito minhas tristezas e ansiedades nos versos que invento.
Um poema é como um espelho, na qual minha e alma é refletida,
As vezes triste, pensativa, as vezes andarilho, no pensamento e no sentimento.
O que seria de mim sem a poesia? Um vazio sem fim.
Mas em fim feliz eu que tenho ela todo dia