POESIAS

VOLTAR

ALVORADA SERTANEJA

ALVORADA SERTANEJA

Autor: Edimar Luz

Rádio ligado na madrugada,
Só se ouve música sertaneja,
Do tipo sertanejo raiz.
Os galos cantam no poleiro
E o gado muge no curral…
A brisa fria da madrugada
Vem de encontro ao aroma
Agradável do café que é preparado
Na chaleira fumegante
Sobre o fogão a lenha.
Enquanto isso, no céu,
O planeta Vênus, ou estrela d’alva,
Estrela matutina…
Com seu brilho encantador e distante,
Alia-se à bucólica alvorada sertaneja.
E já se ouvem também os primeiros
Gorjeios dos pássaros no alvorecer.
E aquela família toma o café
Para em seguida ir trabalhar…