Qual a diferença entre poema e poesia?
A diferença entre poema e poesia é que enquanto o poema está ligado somente a literatura, a poesia pode ser qualquer tipo de produção artística.

O poema é um tipo textual com uma estrutura, que pode ser de versos e estrofes. Já a poesia é a própria forma de arte, pode ser qualquer tipo dessa produção, como pintura, fotografia, músicas e textos.

Então, todo poema é considerado poesia, porém nem toda poesia precisa ser um poema.

Poema
Um poema é o arranjo de palavras que contêm significado. É uma escrita que expressa o pensamento e os sentimentos do escritor. Pode ser feliz ou triste, simples ou complexo.

Um poema pode rimar ou não rimar, usar símbolos ou não. Também pode usar metáforas e aliterações, especialmente em poemas para crianças.

Tipos de poema
Existem vários tipos de poemas, incluindo os Sonetos, que são poemas sobre o amor e Ode, que é um poema lírico que exalta a alguma coisa, como à natureza ou à vida.

Um poema também pode ser épico, narrativo, dramático ou lírico:

Poema épico é aquele que se centra em figuras míticas ou heroicas;
Poema narrativo é o que conta uma história;
Poemas dramáticos são os escritos em verso;
Poemas líricos descrevem os sentimentos e pensamentos do poeta.
Poesia
A poesia existia muito antes de as pessoas se tornarem alfabetizadas. Os poemas antigos foram memorizados e passados de uma geração para outra, oralmente.

A poesia é definida como uma forma literária de arte, evocada em linguagem. Pode ser escrito sozinho ou em combinação com outras artes, como no drama poético, hinos poéticos, poesia lírica e poesia em prosa.

Em seu sentido figurado, poesia é a própria forma de arte, sendo aquilo que comove e desperta sentimentos.

A poesia se distingue das outras formas de escrita pelo uso da repetição, do verso, da rima e da estética .

Uso de poema ou poesia
Há casos em que esses termos podem ser usados de forma intercambiável como “ele não gosta da poesia de Manuel Bandeira” ou “ele não gosta dos poemas de Manuel Bandeira”.

E como diferenciar?
Para saber a diferença, você precisa definir duas coisas:

O que você deseja expressar;
Como você deseja expressar?
O que você quer expressar, a sua ideia, é a poesia.

Como você vai se expressar, a forma que vai utilizar, é o poema.

Um exemplo para aprender as diferenças entre as duas palavras:

João adora a poesia (pois ele ama poemas como um todo), e por isso ele quer começar a escrever seus próprios poemas (expressando suas ideias através da rima e de uma dicção específica).

A palavra poesia também pode ser usada metaforicamente para considerar algo tão bonito e impecável quanto a poesia.

Veja também a diferença entre Estrofe, verso e rima.

pOESIA&VIDA

Texto:
por: Luana Castro Alves Perez

Hilda Hilst

Importante voz literária brasileira, Hilda Hilst foi admirada por vários escritores, embora ainda hoje seja incompreendida pela crítica e pouco conhecida do grande público.

Tweet

Hilda Hilst nasceu em Jaú, São Paulo, no dia 21 de abril de 1930, e faleceu em Campinas, no dia 04 de fevereiro de 2004 *
Hilda Hilst nasceu em Jaú, São Paulo, no dia 21 de abril de 1930, e faleceu em Campinas, no dia 04 de fevereiro de 2004 *

Enigmática, estranha e instigante. Esses são alguns dos adjetivos que bem descrevem Hilda Hilst, um dos grandes nomes da Literatura brasileira e importante voz feminina em nossa poesia. Hilda foi poeta, dramaturga e ficcionista, nasceu na cidade de Jaú, interior do estado de São Paulo, no dia 21 de abril de 1930 e faleceu em Campinas no dia 04 de fevereiro de 2004.

Hilda Hilst dedicou boa parte de sua vida à Literatura, tendo deixado mais de quarenta livros publicados. Embora não tenha caído nas graças do grande público e da crítica, que considera ainda hoje seus textos herméticos, foi agraciada com os mais importantes prêmios literários do Brasil e admirada por grandes escritores, entre eles Caio Fernando Abreu e Lygia Fagundes Telles. A temática de sua poesia circundou as ações humanas, a inquietude do ser, a morte, o amor, o sexo, Deus e indagações metafísicas, tema que a levou a flertar com a Física e com a Filosofia. Entre suas experiências literárias, esteve aquilo que ela chamou de “Transcomunicação Instrumental”, quando deixava gravadores ligados por sua chácara (a Casa do Sol, hoje Instituto Hilda Hilst) com o intuito de gravar vozes de espíritos, demonstrando assim sua clara preocupação com a sobrevivência da alma.

Agora que você já conhece um pouco da vida e obra de Hilda Hilst, o sítio de Português selecionou alguns de seus melhores poemas para que você mesmo comprove sua magnífica escrita. Boa leitura!

Construída por Hilda Hilst em 1965, a Casa do Sol abrigou a autora até o seu falecimento em 2004. Atualmente, a chácara é um centro cultural **
Construída por Hilda Hilst em 1965, a Casa do Sol abrigou a autora até o seu falecimento em 2004. Atualmente, a chácara é um centro cultural **

Cinco poemas de Hilda Hilst

Dez chamamentos ao amigo

Se te pareço noturna e imperfeita
Olha-me de novo. Porque esta noite
Olhei-me a mim, como se tu me olhasses.
E era como se a água
Desejasse

Escapar de sua casa que é o rio
E deslizando apenas, nem tocar a margem.

Te olhei. E há tanto tempo
Entendo que sou terra. Há tanto tempo
Espero
Que o teu corpo de água mais fraterno
Se estenda sobre o meu. Pastor e nauta

Olha-me de novo. Com menos altivez.
E mais atento.

Hilda Hist Conhece??

  Um amigo meu

Um amigo meu perguntou-me:
Onde está a poesia?
E eu lhe respondi:
Ela está em mim.
Modestamente, almoço e janto poesia.
Vomito minhas tristezas e ansiedades nos versos que invento.
Um poema é como um espelho, na qual minha e alma é refletida,
As vezes triste, pensativa, as vezes andarilho, no pensamento e no sentimento.
O que seria de mim sem a poesia? Um vazio sem fim.
Mas em fim feliz eu que tenho ela todo dia

Um amigo meu poesia&vida