Gotas de Poesia Poesia& Vida

12 de abril de 2020 Off Por Pedro Taunay Graça Couto

Luana Muniz

poetas

Com o primeiro livro prestes a ser lançado, Luana Muniz também já foi publicada em algumas revistas digitais e usa o perfil no Facebook como protesto contínuo pela liberdade sexual das mulheres. Seu interesse pelo erotismo aparece também nos poemas, que frequentemente alcançam a polpa da questão e mastigam intensamente até sobrar só o caroço. Com poemas longos (diferente desse escolhido) e místicos, que sempre parecem evocar alguma divindade clandestina, como um mantra ou uma prece às avessas, Luana é uma das poetas que mais trabalha a fundo a sexualidade feminina.

“deus na sua perversidade
nunca me permitiu uma nesga do éden
roa os ossos de adão, disse deus
meu pássaro na garganta empoleirou-se
encolheu o pezinho e guardou a cabeça na asa
nenhum pio
mas é sempre penoso engolir”