Poetas Desconhecidos

30 de abril de 2021 Off Por Pedro Taunay Graça Couto

Com Licença Poética Novamente
Quando nasci nenhum anjo, nem o torto, nem o esbelto,
nem um desses que tocam trombeta, anunciou:
Vai ter sentido na vida.
Deste evento, o niilismo interno aflorou,
coisa pouco eventual e previsível, naquele momento.
Procurei, em diversos momentos, os caminhos,
muitos desses levaram-me a estrada bipartida de sonhar.
E desses acontecimentos, tirei as conclusões mais malucas
E de nenhum anjo eu ouvia: continua, vai ser Lucas.
Existencialista não é desdobrável, eu não sou.