Curiosidades

15 de junho de 2021 Off Por Pedro Taunay Graça Couto

2. As nossas relações estão cada vez mais frágeis
A provocação do sociólogo quando fala em “amor líquido” é alertar para a nossa forma de se relacionar nesses tempos de redes sociais. Para ele, valorizamos o padrão superficial das relações amorosas. Na era digital, é muito fácil começar a terminar relações: bastam cliques em botões. Isso nos torna indivíduos menos “humanos” e mais “apaixonados” ou impulsivos: ou seja, muito mais fáceis de quebrar.